KidsOut World Stories

O macaco e o crocodilo    
Previous page
Next page

O macaco e o crocodilo

A free resource from

Begin reading

This story is available in:

 

 

 

 

O macaco e o crocodilo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

*

Era uma vez um macaco que vivia em uma árvore perto de um rio. O macaco estava sozinho, pois não tinha amigos ou família, mas estava feliz e contente. A árvore lhe dava bastante jamelão para comer, sombra do sol e abrigo da chuva.

Um dia, um crocodilo que estava nadando no rio, subiu na margem para descansar embaixo da árvore do macaco. “Olá,”disse o macaco, que era um animal muito amigável. “Olá,” respondeu o crocodilo, surpreso. “Você sabe onde eu posso conseguir comida?” ele perguntou. “Não comi nada o dia todo e estou com muita fome.” Você podia até pensar que o crocodilo queria comer o macaco, mas ele era um crocodilo muito bom e gentil, e esse pensamento nunca passou pela sua cabeça.

O macaco, que era muito gentil, disse: “Tenho muitas frutas na minha árvore, você gostaria de experimentar?” Ele jogou algumas para o crocodilo. O crocodilo estava com tanta fome que comeu todos os jamelões, embora os crocodilos, normalmente, não comam frutas. Ele adorou a fruta doce e amarga e, depois dele ter comido tudo o que queria, o macaco disse: “Volte sempre que quiser mais frutas.”

Logo, o crocodilo estava visitando o macaco todos os dias. Os dois animais se tornaram bons amigos - eles conversavam, contavam histórias e comiam muitos jamelões juntos.

Um dia, o crocodilo contou ao macaco sobre a sua esposa e sua família. O macaco disse: “Por favor, leve também um pouco de fruta para a sua esposa quando voltar hoje.”

A esposa do crocodilo adorou os jamelões; ela nunca tinha comido nada tão doce antes. Mas ela não era tão amável e gentil como seu marido, e disse: “Imagine como o macaco deve ser doce comendo esses jamelões todos os dias."

Mas o gentil crocodilo tentou explicar para a sua esposa que ele não podia comer o macaco: “Ele é o meu melhor amigo,” disse. Mas sua esposa gananciosa não quis ouvir e conseguiu que o marido fizesse o que ela queria, fingindo estar doente. “Estou morrendo e só o coração doce de um macaco pode me curar,” ela choramingou para o marido. "Se você me ama, traga o seu amigo macaco e deixa eu comer o coração dele."

O pobre crocodilo não sabia o que fazer - ele não queria comer o amigo, mas não podia deixar a sua esposa morrer. Finalmente, ele decidiu que devia fazer isso e, na próxima vez que visitou o macaco, pediu para ele vir conhecer a sua mulher, pois ela queria agradecer pessoalmente pelo adorável jamelão.

O macaco ficou muito contente, mas disse que não poderia ir, porque não sabia nadar. “Não se preocupe com isso,” disse o crocodilo. “Eu vou levar você nas minhas costas.” O macaco concordou e pulou nas costas do crocodilo.

Então os dois amigos nadaram no rio largo e profundo. Quando estavam longe da margem e do pé de jamelão, o crocodilo disse: “Sinto muito, mas minha esposa está muito doente e disse que a única cura é o coração de um macaco; por isso, vou ter que matá-lo, embora sentirei falta das nossas conversas.” O macaco pensou rapidamente e disse: “Caro amigo, sinto muito pela doença de sua esposa e fico feliz em poder ajudá-la, mas eu deixei meu coração para trás no pé de jamelão. Você acha que poderíamos voltar para que eu possa buscar para sua esposa?”

O crocodilo acreditou no macaco. Ele se virou e nadou rapidamente até o pé de jamelão. O macaco pulou de suas costas e subiu na segurança de sua árvore. “Pensei que você fosse meu amigo,” ele disse. “Você não sabe que carregamos nossos corações dentro de nós? Nunca mais confiarei em você nem lhe darei frutos da minha árvore. Vá embora e não volte mais.”

O crocodilo sentiu-se realmente tolo - ele tinha perdido um amigo e uma reserva de boas frutas doces. O macaco se salvou porque pensou rapidamente, mas, a partir daquele dia, ele nunca mais confiou em crocodilos.

* O jamelão parece um pouco com uvas grandes ou ameixas pequenas - quando maduros, são pequenos e pretos com polpa rosa e doce, mas com um sabor ligeiramente amargo no final.Jamelões fazem a sua língua ficar roxa quando você os come.

Enjoyed this story?
Find out more here