KidsOut World Stories

Dick Whittington e o seu gato    
Previous page
Next page

Dick Whittington e o seu gato

A free resource from

Begin reading

This story is available in:

 

 

 

 

Dick Whittington e o seu gato

 

 

 

 

 

*

Há muito tempo atrás havia um rapaz muito pobre chamado Dick Whittington que não tinha mãe nem pai para cuidar dele. Por isso o menino passava fome muitas vezes. Ele vivia numa pequena aldeia no campo. Muitas foram as histórias que ouviu acerca de um lugar longínquo chamado Londres, onde todos eram ricos e as ruas eram pavimentadas a ouro.

O Dick Whittington estava determinado a visitar Londres e escavar o ouro das ruas em quantidade suficiente para criar a sua fortuna. Um dia travou conhecimento com um cocheiro muito simpático que estava a caminho de Londres e se ofereceu para lhe dar uma boleia.

Ambos seguiram viagem. Ao chegar à grande metrópole mal pôde acreditar no que estava a ver. Viu cavalos, carruagens, centenas de pessoas, edifícios imponentes e muita lama, mas em lado algum encontrou ouro. Que deceção! Como é que ia construir a sua fortuna? Como é que ia sequer alimentar-se?

Dias mais tarde estava com tanta fome que desmaiou, caindo em cima de um degrau irregular à porta de casa de um comerciante rico. De dentro da casa surgiu uma cozinheira:

“Sai daqui,” gritou ela, “maltrapilho imundo!” ao mesmo tempo que procurava afastá-lo do degrau com a sua vassoura.

Nesse momento o comerciante estava a regressar a casa. Ele era um homem bondoso e teve pena do pobre rapaz.

“Leva-o para dentro,” ordenou ao servente.

*

Depois de ter comido e descansado, o comerciante ofereceu-lhe um trabalho na cozinha. O rapaz estava muito grato ao comerciante, mas, infelizmente, a cozinheira era uma pessoa de mal com a vida.

Sempre que ninguém estava por perto ela beliscava o pobre rapaz. Havia ainda outra coisa que o deixava triste, que era o ter de dormir num quarto minúsculo na parte superior da casa, cheio de ratos e ratazanas que subiam para a sua cara e tentavam morder-lhe o nariz.

Ele andava tão desesperado que poupou todas as suas moedinhas para poder comprar um gato. O gato era verdadeiramente especial - era o melhor gato de Londres a caçar ratos e ratazanas. Semanas mais tarde a vida de Dick tinha melhorado substancialmente graças ao astuto felino, que tinha afastado todos os ratos e ratazanas. Finalmente ele conseguia dormir descansado.

Passado pouco tempo o Dick ouviu o comerciante perguntar aos hóspedes se havia algo que pudessem enviar para o seu navio e que pudesse ser vendido. O navio estava a realizar uma longa viagem ao outro lado do mundo, sendo que o capitão iria proceder à venda de tudo o que estivesse a bordo para conseguir angariar algum dinheiro. Pobre Dick, o que poderia ele vender?

De repente teve uma ideia.

“Senhor, pode levar o meu gato?”

Todos se riram do Dick, mas o comerciante sorriu e disse:

“Sim Dick, posso, e todo o dinheiro da venda do teu gato reverterá para ti.”

Após a partida do comerciante, o Dick estava novamente por sua conta, com ratos e ratazanas a trepar por ele à noite. A cozinheira tornou-se ainda mais cruel, pois não havia ninguém a impedi-la. O Dick decidiu que seria melhor fugir.

À medida que se afastava os sinos de todas as igrejas começaram a soar, pareciam dizer:

“Fica Dick Whittington,
Serás por três vezes Lord Mayor of London!”

“Valha-me Deus,” pensou o Dick completamente surpreendido. “Se vou de facto ser Lord Mayor, é melhor ficar. Aturo a cozinheira e os ratos e ratazanas, e quando for Mayor dou-lhe uma lição!”

Então decidiu regressar.

 

*

Do outro lado do mundo, o comerciante e a sua embarcação chegaram ao destino. Os habitantes ficaram tão felizes de os ver e foram tão hospitaleiros que o comerciante decidiu enviar alguns presentes ao Rei e à Rainha.

O Rei e Rainha ficaram tão agradados que os convidaram a todos para um banquete. Quer creiam quer não, assim que a comida do banquete chegou, centenas de ratos vieram do nada e comeram tudo, antes ainda que alguém tivesse a oportunidade de a provar.

“Oh meu Deus,” disse o rei, “isto está sempre a suceder – nunca consigo sequer provar a minha tarte de maçã. O que é que eu posso fazer?”

“Tenho uma ideia,” disse o comerciante. “Tenho um gato muito especial que veio comigo de Londres, e ele vai dar conta dos vossos ratos mais rápido do que vocês vão dar conta do vosso banquete.”

De facto, para grande alegria do rei e da rainha, a próxima vez que organizaram o banquete e os ratos apareceram, o gato saltou-lhes em cima e matou-os a todos com uma rapidez alucinante.

O rei e a rainha dançaram de alegria e deram ao comerciante um navio cheio de ouro em troca deste gato tão especial.

No regresso do navio a Londres Dick sentiu-se absolutamente impressionado com a quantidade de ouro que o comerciante lhe deu em troca do seu gato. Ao longo dos anos ele aplicou o seu dinheiro sabiamente e ajudou todas as pessoas ao seu redor, assim como as que trabalhavam para ele. Ele acabou então por ser eleito Lord Mayor da cidade de Londres por três vezes. Mas ele nunca esqueceu o seu amigo, o bondoso comerciante, que tinha sido tão honesto em dar-lhe todo o dinheiro que o gato lhe tinha valido, não guardando nada para si.

Quando Dick cresceu, apaixonou-se por Alice, a linda filha do seu amigo comerciante, e casou-se com ela. Eles viveram felizes para sempre, como nos contos de fadas.

“Fica Dick Whittington,
Serás por três vezes Lord Mayor of London!”

Afinal tinham razão!

 

Enjoyed this story?
Find out more here